Como incorporar técnicas de ioga ao longo do dia

| Por Christine moghadam

Como incorporar técnicas de ioga ao longo do dia

Os benefícios do yoga vão muito além do momento em que você sai do estúdio. Como muitas poses requerem pouco ou nenhum equipamento, você pode incorporar técnicas de ioga ao longo do dia.

Anteriormente, falamos sobre praticar ioga em movimento, no conforto de sua casa, e até discutimos como você pode faça yoga durante o seu dia de trabalho. Mas agora, vamos falar sobre os benefícios de incorporar técnicas de ioga em seu dia e maneiras práticas de fazer isso. Esteja você trabalhando em um escritório ou viajando, existem maneiras simples de praticar ioga.

Benefícios da incorporação de técnicas de ioga ao longo do dia

Muitas pessoas começam o yoga para melhorar sua flexibilidade, equilíbrio, força e saúde cardiovascular. Enquanto o yoga oferece muitos benefícios físicos, também ajuda no gerenciamento do estresse e melhora o seu bem-estar mental e emocional.

Os funcionários do escritório geralmente sofrem muita tensão nas costas, pescoço e ombros, o que resulta em má postura, dores e dores. Através da prática regular, as técnicas de ioga podem reverter os sintomas associados a ficar sentado em uma mesa por longos períodos de tempo.  

Os benefícios físicos do yoga podem ser o que leva você a começar sua prática. Mas os benefícios mentais e emocionais o manterão praticando ioga. Uma prática contínua levará a uma mentalidade mais feliz, menos estressada, menos ansiosa e mais compassiva. 

Maneiras práticas de incorporar técnicas de ioga ao longo do dia

O yoga é mais comumente associado à melhoria da flexibilidade. Mas existem oito membros do yoga. Além do asana, o yoga também abrange pranayama (exercícios respiratórios), dhyana (meditação), yamas (códigos de conduta social), niyamas (auto-observâncias), pratyahara (retirada dos sentidos), dharana (concentração) e samadhi ( felicidade).

Quando você está preso no metrô, em um avião ou em um passageiro em um carro, pode não haver muitas poses que você pode realizar (asana). No entanto, isso não significa que você não se beneficie de pranayama (exercícios de respiração), dhyana (meditação) ou mesmo niyamas (auto-observação).

Às vezes, quando estamos estressados, tirar alguns momentos para observar nosso estado emocional e mental é a melhor solução. Depois de dedicar um tempo para praticar niyamas (auto-observação), entre em meditação para acalmar sua mente e redescobrir sua calma interior.

Se o espaço permitir (você não precisará de muito), há várias poses que você pode realizar, mesmo nos limites apertados de um cubículo, assento do passageiro ou banheiro do avião (verifique se o sinal de apertar o cinto de segurança está desligado).

Se você estiver em trânsito enquanto viaja, talvez não consiga cair na pose de criança. Então, aqui estão quatro poses simples de ioga que você pode fazer, mesmo em seu assento:

1. Tadasana Sentada

Coloque os braços acima da cabeça, colocando os pulsos sobre os ombros. Tente endireitar os cotovelos o máximo possível. Envolva seus abdominais enquanto você se senta alto.

Suavize os ombros e mantenha a cabeça diretamente sobre o tronco, depois levante o queixo para cima e levemente para trás, para alinhar a coluna e encontrar uma boa postura.

2. Alongamentos de punho e dedo

Enquanto estiver sentado, pegue as pontas dos dedos de uma mão na palma da outra mão. Estenda o mesmo braço para a frente, na altura dos ombros, e gentilmente puxe os dedos em direção à parte de trás do pulso até sentir um leve alongamento. Isso ajuda a digitar em um teclado.

3. Pose da cadeira Pose

Enquanto estiver sentado confortavelmente em uma cadeira, inspire e levante a perna direita, segurando-a cuidadosamente com as mãos e coloque-a sobre a coxa esquerda. Você sentirá o alongamento nas articulações do quadril e do joelho. 

4. Pose da Lua Crescente Sentada

Na tadasana, estenda o braço direito em direção ao lado esquerdo do corpo, encontrando o máximo de comprimento possível do quadril direito à axila direita. 

A palma da mão pode ficar voltada para a esquerda e o olhar pode se mover em direção ao bíceps, se estiver bem no pescoço. Crie espaço entre seus ombros e ouvidos. 

Se você estiver no trabalho e tiver um pouco mais de espaço para alongar, faça algumas das seguintes poses. Essas oito poses de ioga podem ser realizadas facilmente na privacidade de seu próprio cubículo.
  


1. Pose da cadeira para sentar e levantar

Fique em pé com os pés um pouco mais afastados do que a largura dos quadris e os braços ao lado do corpo.

Inspire e levante os braços ao lado dos ouvidos, esticando-os retos e paralelos aos pulsos e dedos retos. Mantenha os ombros baixos e a coluna neutra.

Expire enquanto dobra os joelhos, mantendo as coxas e os joelhos paralelos. Incline o tronco para a frente para criar um ângulo reto com a parte superior das coxas. Mantenha o pescoço e a cabeça alinhados com o tronco e os braços.  

2. Mesa Chaturanga

Incline o corpo para a frente a partir de uma posição ereta e coloque as mãos em uma mesa ou superfície dura na largura dos ombros. Olhe suavemente alguns centímetros à frente das pontas dos dedos e respire até estar pronto para voltar à posição de prancha para sair da pose.

3. Costas Sentadas

Enquanto estiver sentado, estenda as mãos alguns centímetros atrás dos quadris. Empurre a cadeira e alcance as omoplatas para baixo e para trás.

A barriga é abraçada quando o peito se levanta e pressiona para frente. Termine enviando seu olhar para cima.

4. Torção sentada

Com os dois joelhos voltados para a frente, leve a mão esquerda ao joelho externo externo. Sente-se alto e ative seus abdominais. A mão direita pode descansar ao seu lado ou para baixo pelo quadril direito.

Em cada inspiração, sente-se um pouco mais alto e, em cada expiração, mova o ombro direito para trás uma polegada enquanto o ombro esquerdo se move para frente. 

Puxe o quadril esquerdo para trás enquanto você torce para a direita. Mantenha a torção na coluna lombar. Mantenha uma respiração constante e uma coluna alta. Você pode olhar para a direita e, eventualmente, para o seu ombro direito.

5. Abridor de Ombro

Afaste-se alguns metros da sua mesa e mantenha-os afastados. Coloque as mãos em uma superfície dura e crie um ângulo reto com seu corpo. 

Continue estendendo as mãos para a frente com os braços esticados até sentir um alongamento no peito, ombros e parte superior das costas. Seus joelhos podem estar dobrados ou retos.

6. Dobra para a frente

Solte os braços no chão, junto com o topo da cabeça. As pontas dos dedos podem tocar o chão, mas se isso for demais, basta apoiá-las nas canelas ou nos joelhos. Mantenha seu peso nivelado ou ligeiramente para a frente, na ponta dos pés. 

7. Dobra para a Frente II

Coloque as mãos atrás da região lombar para entrelaçar as pontas dos dedos. Pressione as palmas das mãos uma contra a outra enquanto levanta os pulsos para longe das costas. Continue inclinando a cabeça na direção do chão e solte o pescoço.

Continue a puxar os pulsos para a frente enquanto cria mais abertura nos ombros e no peito. 

8. Postura do dançarino

De pé, dobre o joelho direito e chute o calcanhar direito na direção dos glúteos.

Com a mão direita, volte para agarrar a parte externa ou interna do tornozelo direito. Fique em pé e empilhe os ombros sobre os quadris e tornozelos.

Pressione o joelho para baixo, mantendo a parte interna do joelho direito o mais próximo possível da parte interna do joelho esquerdo. Flexione o pé direito, em direção à parte de trás da sala, enquanto você mantém o joelho para baixo com os quadris para a frente.

Conclusão

Agora você sabe a importância de incluir o yoga no seu dia e maneiras práticas de fazê-lo. Portanto, esteja você no trabalho, viajando ou de férias, você pode incorporar facilmente técnicas de ioga ao seu dia para ajudá-lo a evitar o estresse e a manter-se saudável.

Post Comments

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação